Reader Comments

Hipertensão na gestação

by thami dias (2017-10-04)


Hipertensão na gestação Um dos procedimentos de cotidiano no seu pré-natal é a demarcação de sua pressão nas artérias. A atenção à programa controlando a hipertensão é especificamente fundamental na preparação em razão de um dificuldade baixo conhecido por pré-eclâmpsia, que similarmente causa a extinção de proteína pela urina. A pressão nas artérias precisa ser indicador com frequência em seguida das 20 semanas de preparação. Exija constantemente que isto seja realizado, especificamente se não estiver se sentindo bem. Sua pressão na gestação No momento em que alcançar ao sexto mês de preparação, você já terá criado mais de 1 litro de sangue extra, e este sangue todo necessita ser bombeado pelo coração para andar pelo corpo. A contrapeso na exercício circulatória pode realizar com que você se sinta mais quente que o comum. O sangue extra é empregado para provocar nutrientes e ar até o bebê por intermédio da placenta e do cordão umbilical, e para abismar-se as substâncias que o bebê eliminar. A progesterona, hormônio que amplifica na gestação, relaxa as paredes dos vasos sanguíneos, e é por causa disso que sua pressão tende a ficar baixa mais ou pouco na meio da preparação. A pressão baixa faz com que algumas mulheres sintam tontura e até desmaiem se ficarem bastante tempo de pé ou se levantarem acelerado demais. Sua pressão vai voltar ao comum nas agonia semanas da gestação. O obstetra apenas se preocupa se a pressão acumular para graus considerados altos e continuar grande em diversas medições distintos. Se você já tinha hipertensão arterial antes da gestação ("pressão alta primária" ou "primordial"), seu médico pode aconselhar remédios para mantê-la controlada ao longo a preparação, e seu bebê não será abalado. Como sua pressão é indicador Sua pressão será aferida e registrada em todas as consultas do pré-natal. Não se acanhe de aduzir a demarcação se ela não for ensejo. A pressão consiste de duas atitudes -- a pressão "sistólica" é registrada ao longo a batida do coração, e a "diastólica", no aberta entre os batimentos. É por causa disso que sua pressão é formada por 2 números, tendo como exemplo 130/90 mmHg (fraude informalmente como 13 por 9). Tenha em mente: o que é comum para uma grávida talvez não seja para outra. A pressão diastólica -- o algarismo menor da pressão nas artérias -- será o mais monitorado pelo médico ao longo sua gestação. Em termos gerais, a demarcação média para uma mulher jovem e sadio é de 11 por 7 ou 12 por 8. Se sua pressão ficar acima de 14 por 9 em no mínimo duas ocasiões na mesma semana, e geralmente você tiver pressão nas artérias comum, o médico pode descrever a pré-eclâmpsia. As medições frequentes da pressão permitem que o médico perceba qual nível é comum para você. Desse modo, um acontecimento afastado de hipertensão arterial pode não ter destaque. Pode ser que você apenas esteja nervosa naquele hora. Se seu médico cismar que você está com hipertensão arterial, vai realizar a demarcação mais uma vez para afirmar. O que ocorre no momento em que a pressão sobe? Se sua pressão iniciar a acumular, o médico precisa exigir um exame de urina para definir o que realizar. Se o exame anunciar figura de proteína na urina, você pode estar na ciclo exordial da pré-eclâmpsia, e vai necessitar de consultas e exames pré-natais mais frequentes, para evitar complicações graves para você e para o bebê. Você necessita ficar constantemente atenta aos vestígios de acautelado, e acudir-se atendimento acelerado se perceber um deles: dor de cabeça que não passa, inchaço no anverso ou nas mãos, perturbações visuais, recebido de peso de mais de 2 kg em uma semana, dor no alto da abdômen, aborrecimento e bolçado depois de 20 semanas, dificuldade de respirar. O que você pode realizar para evitar a hipertensão arterial Não há bastante o que você possa realizar para preservar sua pressão baixa. Ingerir muito líquido e não descomedir-se do sal na refeição é constantemente afirmativo. Se você tiver os primeiros vestígios de pré-eclâmpsia, de modo algum é demais experimentar descansar o máximo possível e abalar do stress, especialmente no trabalho. De modo algum falte a uma consulta do pré-natal, inclusive que não esteja se sentindo bem, e preste atenção para analisar se sua pressão está sendo caminhada. E, se numa acaso sua pressão acumular e o médico anteferir que você fique internada, arme-se de aplicação e lembre que é pelo seu bem, e pelo do bebê. Quem possui hipertensão arterial pode ter concepção comum? Quais os riscas? Efetivamente, quem possui hipertensão arterial pode ter concepção comum, a partir de que a pressão esteja controlado. A preferência é pelo concepção comum com analgesia, uma vez que a dor faz com que a pressão suba mais. Se a pressão estiver descompensada e for este o razão para o surgimento do bebê, geralmente o médico opta pela cesariana.



------------------------------------------------------------

International Journal of Cancer Therapy and Oncology (ISSN 2330-4049)

© International Journal of Cancer Therapy and Oncology (IJCTO)

To make sure that you can receive messages from us, please add the 'ijcto.org' domain to your e-mail 'safe list'. If you do not receive e-mail in your 'inbox', check your 'bulk mail' or 'junk mail' folders.

------------------------------------------------------------

Number of visits since October, 2013
AmazingCounters.com